O Espírito Das Borboletas : Corpo Exclamado

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Corpo Exclamado

A minha vida
era um livro
apenas um livro...
sem palavras
um caderno em branco
e quando dos meus olhos
o pranto se declamava
nos reflexos de safiras solitárias
um coração irrompeu
tingindo em vermelho inquieto
os espaços por preencher
das letras
nunca outrora avistadas


Como podem as folhas
do que antes não havia
serem o entre-veias
da capa e contra-capa
da obra
do ...
vem
que eu vou
ter contigo?

(Podem! E porque podem
apago a interrogação
e anuncio o título:
- exclamação adorada!)


À Dani com amor




JouElam, 190220121247

5 comentários:

  1. Meu amor, a tua arte é um livro recheado de gostosuras e o teu carinho é a minha cama, onde me deito e durmo feito criancinha.

    Te amo muito!!!

    beijo da tua mulher hoje e sempre!

    beijo

    ResponderEliminar
  2. Um lindo amor, manifestado em palavras.
    Em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderEliminar
  3. Um lindo final de semana pra você.



    Beijos


    Ani


    http://cristalssp.blogspot.com

    ResponderEliminar